Há quem acredite em Falcao Garcia

Quando Falcao García era o grande astro do Atlético de Madrid, Diego Costa era apenas coadjuvante. Três anos depois, os dois se reencontraram no Chelsea em papéis muito diferentes: hoje, o brasileiro é um dos atacantes mais temidos da Premier League, enquanto o colombiano é um astro que busca reabilitação. Antigo conhecedor do Tigre, Diego acredita que o que está faltando para Falcao é confiança, que pode vir através das arquibancadas. 


- É bom para nós que ele não tenha feito a melhor das temporadas, já que é por isso que ele está conosco agora. Sabemos que Falcao tem um talento enorme. A única coisa que ele precisa é se sentir amado e confiante, e aqui ele conseguirá isso. O treinador está muito feliz por trazê-lo, e todos nós estamos animados de tê-lo no elenco, porque é um grande jogador. Ele se dá muito bem com seus companheiros e vai nos ajudar muito em campo, também - analisou Diego Costa ao "Daily Mail".

Embora já tenha sido alvo de gigantes europeus e tenha custado ao Monaco cerca de € 60 milhões, Falcao chega ao Chelsea apenas como uma aposta. O colombiano ficou em baixa depois de uma temporada decepcionante no Manchester United, onde atuou em 29 partidas e marcou apenas quatro gols. 

O Tigre não conseguiu recuperar o faro de gol desde que ficou parado por seis meses por uma grave lesão no joelho esquerdo, que o tirou da Copa do Mundo. Entretanto, Diego Costa não acredita que a má fase de Falcao se deva ao problema físico, sofrido em janeiro de 2014.

- Eu sofri uma lesão parecida com a dele e agora estou bem. Tudo o que ele precisa é consistência, de jogar regularmente e se sentir amado. Se ele não estava muito feliz no United, o que ele estava sentindo falta lá, terá aqui - afirmou.

Falcao sobre Diego Costa:
- Ele é maluco! E feliz. O conheço dos tempos de Atlético e nos demos muito bem. Compartilhamos grandes momentos e ele é uma grande pessoa. Entre os momentos engraçados, lembro da água gelada da piscina que ele sempre tacava nos jogadores! Estamos acostumados a jogar juntos, e em 2012/13 foi um ótimo ano para o Atlético porque marcamos muitos gols. Somos diferentes tipos de atacantes e nos complementamos – disse ao site oficial do Chelsea

Postar um comentário

0 Comentários