[OPINIÃO] - O Chelsea de 15/16 é o United de 2013?

Chelsea perde mais uma. Dessa vez, para o Crystal Palace.
Nem mesmo o pior dos pessimistas esperava um começo de temporada tão ruim. Em apenas 4 jogos disputados o Chelsea já está à 8 pontos do Manchester City, líder da Premier League. Nesses 4 jogos o Chelsea sofreu incríveis 9 gols. A defesa que sempre foi o ponto forte do time já é contestada por todos, o meio campo parou de funcionar, o ataque é quase inofensivo e até Eden Hazard, o craque do time, já não decide mais.

Ainda é cedo para pânico? Não, a hora de reagir tem que ser agora. A janela de transferências se encerra em 48 horas e Mourinho tem que correr para reforçar o time... Mesmo que essa corrida de ultima hora signifique gastar um valor exagerado em algum jogador. Infelizmente o Chelsea não tem mais escolha e não pode mais errar.  

O medo de ser o Manchester United de 2013 é perturbador. Hoje lutar pelo título é utopia, o Chelsea tem que aproveitar a parada pra data Fifa para arrumar a casa e voltar a vencer urgentemente. 

Se vier algum reforço, ótimo, se não vier, que Mourinho faça valer seu rotulo de grande treinador e faça esse time reagir. Se for preciso barrar um ou outro jogador que o faça agora. Ivanovic precisa de um descanso, Azpilicueta é capaz de dar conta na direita. Matic e Fàbregas precisam acordar, Diego Costa tem que parar de brigar com os zagueiros e se concentrar no jogo. Hazard precisa de um novo estimulo, talvez uma mudança de posição para explorar melhor todo o seu potencial e tirá-lo da zona ‘manjada’ onde todo mundo sabe como marca-lo e Willian, bom, Willian não dá mais. Não é possível um jogador que não acerte um passe e que não sabe fazer nada além de correr siga em campo jogando esse futebolzinho ordinário. 


Essa historia de raça não convence mais, pois raça quem tem é cachorro e cavalo e nenhum nem outro jogam bola. A hora de reagir é agora e só vamos reagir com mudanças de postura e troca de jogador. Acorda Chelsea! Não vamos ser o United de 2013

Por: Thiago Rocha


Postar um comentário

0 Comentários