Velhos erros e nova derrota

André André comemora o 1º gol do Porto sobre o Chelsea.
Em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Chelsea foi a Portugal encarar o Porto, na expectativa de seguir na liderança do grupo e deixar a má fase de lado. Não aconteceu, derrota por 2 a 1 para a equipe portuguesa.

O que se viu foi um show, um show de horrores que começou já na escalação. Mourinho surpreendeu todo mundo deixando Hazard e Matic no banco, mas o tiro saiu pela culatra e ambos, apesar da má fase do belga, fizeram muita falta ao time.

O Porto dominou o jogo, criou mais, errou menos e conseguiu uma vitória merecida. O Chelsea sofreu o jogo todo com o ataque português, e se não fosse Begovic, levaríamos uma goleada hoje. A defesa dos Blues voltou a falhar e outra vez levou gol de bola parada, Ivanovic mais vez ficou exposto e sofreu com os ataques no seu setor. Fàbregas não viu a cor da bola no ataque e na marcação pouco ajudou, Diego Costa mostrou a vontade de sempre, mas não foi efetivo nas chances que teve. Com a derrota frente ao Porto, o Chelsea chega quinta derrota na temporada. 
Willian marcou seu 3º gol de falta seguido pelo Chelsea.
A crise mais do que nunca ronda os corredores de Stamford Brigde e Mourinho precisa ser rápido para encontrar uma saída e recolocar os Blues no trilho enquanto há tempo.

Postar um comentário

0 Comentários