Com golaço de Willian, Chelsea perde de maneira vergonhosa

Chelsea 1-3 Southampton | 8ª rodada
Quando você atua diante de sua platéia, é mais que a sua obrigação encher os olhos de seus espectadores de orgulho. Estando no seu território, não tem erro, a vitória é óbvia, é garantida. Entretanto, sempre vai ter algo ou alguém para te derrubar, e na tarde deste sábado (03) o último campeão Inglês caiu perante uma equipe que agora, reside a 9ª posição. 


Após a derrota para o Porto no meio da semana pela Uefa Champions League, o Chelsea recebeu na sua casa o Southampton. Mourinho um dia antes do jogo concedeu entrevista coletiva e pelas palavras do técnico luso, ele estava muito confiante. Já os seus jogadores pareciam que não. Em uma atuação pífia, os blues “apanharam” por 3-1 da equipe comandada por Ronald Koeman.

Primeiro Tempo
Os donos da casa se mostraram determinados a ganhar o jogo, e logo de cara mostraram que iriam com tudo para cima de seu adversário. Pressionaram e rapidamente ganharam uma falta próxima ao canto esquerdo da área para onde atacavam. Com o alto aproveitamento em bolas paradas, Willian arrumou a mesma e acabou surpreendendo todos. O brasileiro bateu muito bem e mandou ela na gaveta do goleirão Stekelenburg, sem chances para o arqueiro, o Chelsea saia na frente aos 9’ minutos de jogo. É o quarto gol de falta nos últimos 4 jogos de Willian pelo Chelsea.


Willian comemora mais um gol com a camisa do Chelsea.
Quem viu o Chelsea sair na frente, pensou que o mesmo seria soberano até o 
final da partida, errado. Logo após seu gol, o time de Londres começou a errar passes, a ter repertórios pequenos para seus ataques e jogadas que morreriam rapidamente sem se quer ter uma conclusão a gol. Aproveitando que os blues estavam se expondo, o Southampton aguardava pelo seu momento, que não demorou em aparecer. Aos 42’ minutos a bola foi lançada até a entrada da área, Pellè ajeitou de peito para quem vinha de trás, e Davies chegou chutando forte sem defesa alguma para Begovic. E com isso, o primeiro tempo se encerrou.

Segundo Tempo
Mourinho mexeu, entrou Matic no lugar de Ramires, porém, o domínio da partida continuou nas mãos dos Saints. Mané juntamente com Ward-Prowse – este que havia entrado na volta do intervalo – tiveram duas chances em menos de cinco minutos. Pellè estava inspirado e deu mais uma assistência, o sortudo desta vez foi o atacante Mané, que viu Terry falhar e apenas tocou na saída do arqueiro bósnio, aos 59’ minutos estava 2-1 para o Southampton.


Pellè deu duas assistência e marcou um gol.
E aos 71’ minutos o atacante da seleção Italiana calou o Stamford Bridge. Hazard errou o passe no meio campo, esperto e muito veloz Mané arrancou e apenas passou para o matador dos Saints, Graziano chutou forte e cruzado, sem nenhuma chance de defesa para Begovic, encerrando então o placar em frente à torcida que deixou o estádio vaiando seu próprio time, um 3-1 vergonhoso e ridículo para Mourinho e seus jogadores.

Análise
É gritante a queda de desempenho do Chelsea da temporada passada para esta. A defesa hoje foi patética – tirando nosso goleiro que fez o que pôde – juntamente com o meio campo. Muitos torcedores achavam que era implicância com o Ivanovic, mas qualquer pessoa e torcedor sabem que o Sérvio não vem tendo um bom aproveitamento na lateral direita. Fàbregas sumido, Hazard, nem se fala. 



Agora o elenco entra em data FIFA, é a segunda vez que o grupo se separa e até agora não voltaram a vestir o azul como ele realmente deve ser vestido. Até quando irá o reinado de Mourinho? Até quando o Chelsea irá passar vergonha? Temos que esperar o tempo responder, todavia, esse tempo está se esgotando.



Postar um comentário

0 Comentários