Diego Costa quebra jejum e o Chelsea vence o Norwich

Momento do gol marcado por Diego Costa. (FOTO: Chelsea FC)
Vitória enorme, gigante, do tamanho da crise que rola em Stamford Bridge. O Chelsea jogou tão bem quanto contra o Stoke, só que dessa vez o último passe encaixou, justo do Fàbregas, um dos símbolos dessa má fase do Chelsea. Partida muito correta dos blues, com os principais jogadores encontrando o bom futebol.


A partida começou com certo equilíbrio, mas a partir dos 10 minutos o Chelsea tomou conta do jogo e passou a pressionar o Norwich. O primeiro tempo terminou com total domínio do Chelsea, mas com o placar ainda zerado. Na volta para a segunda etapa, a pressão continuou e a linha de três meias passou a jogar mais próximas com tabelas e jogas individuais começando a funcionar.

Aos 63 minutos, Cesc Fàbregas cobrou uma falta rápida colocando Diego Costa em condições de fazer o gol, e foi isso que o espano-brasileiro fez, cortou o zagueiro e empurrou a bola na bochecha da rede, pondo um fim no jejum particular e dando a vitória para os comandados de José Mourinho.
O hino francês foi tocado em SB. 


Destaque da partida – Eden Hazard, voltou a encontrar o bom futebol, foi eficiente nas arrancadas, os dribles voltaram a funcionar. Não fez o gol e nem deu a assistência, mas foi o jogador mais incisivo da equipe.

Ficha do jogo:
Chelsea: Begovic; Ivanovic, Zouma, Terry e Kenedy; Matic e Fàbregas, Pedro (Oscar), Willian (Ramires) e Hazard (Azpilicueta); Diego Costa.
Norwich: Ruddy; Wisdom, Bennett, Bassong e Olsson; O’Neil, Mulumbu (Dorrans), Redmond e Brady; Howson (Hoolahan) e Mbokani (Jerome).

Cartões:
Chelsea: Willian (Amarelo)
Norwich: Bassong, Olsson, O’Neil e Mulumbu (Amarelo)

Gol da partida:
Diego Costa 63’

Postar um comentário

0 Comentários