Opções táticas de Antonio Conte

Duas contratações já foram fechadas por parte do Chelsea: Kante e Batshuayi. Contratações que cairiam como uma luxa no esquema tão usado e falado por Antonio Conte. 

O treinador italiano prega o 3-5-2 em todas as equipes que trabalhou, inclusive pela seleção italiana na Euro2016. Vejamos: 

Conte utilizou na linha de 3 defensores, os zagueiros Chiellini, Bonucci e Barzagli, todos da Juventus; utilizou Florenzi e De Sciglio nas alas; Sturaro, Parolo e Giaccherini povoando o meio campo, com apenas Pelle e Eder na frente fazendo a linha de 2. 

Vamos fazer o seguinte exercício, imaginar o Chelsea com o plantel atual nesse esquema:



Conte tem poucas peças na zaga, portanto utilizamos os 3 que mais vinham jogando, - o Chelsea precisa urgente de mais um zagueiro, Cahill demonstrou na última temporada ser fraco para as ambições dos blues -. Diferentemente da seleção italiana, no Chelsea há boas opções para o meio-campo. Kanté, recém contratado, e Fàbregas fariam a dupla de volantes, enquanto Hazard, Willian (Pedro/Oscar/RLC) e Cuadrado (Pedro/Willian/RLC) fariam a linha de 3, deixando Batshuayi e Diego Costa à frente como a dupla responsável pelos gols. 

Esse esquema só funcionaria se os wingers pela direita e esquerda fizessem a função de lateral o tempo todo, o que é pouco provável se tratando principalmente de Hazard. Caso contrário, a equipe ficaria muito enfraquecida defensivamente, considerando que Kanté não é um marcador nato. 

Na Juventus, Antonio Conte utilizou também o 4-4-2 em algumas ocasiões:
(zonalmarking.net)

Nesta escalação, usa-se o 4-4-2 clássico. Dois laterais e dois zagueiros fazendo a linha defensiva, dois volantes (Marchisio e Pirlo), dois meias abertos (Estigarribia e Pepe) e dois atacantes (Matri e Vucinic). No Chelsea, este esquema ficaria assim:


Os laterais Azpilicueta e Baba Rahman voltariam ao time titular, sacando um zagueiro e Cuadrado, que vem de empréstimo da Juventus. No 4-2-2-2, a dupla de volantes possuem um espaço maior para avançar, algo positivo se considerarmos que um dos nossos volantes é Cesc Fàbregas, jogador de uma capacidade incrível para colocar seus companheiros na cara do gol.

Conte começa a desenhar seu time titular agora com a chegada dos jogadores que estavam com suas seleções. Opções existem para montar uma equipe competitiva, cabe ao italiano encontrar a melhor forma de jogar para os blues. 
KTBFFH