Chelsea, Nike e o maior acordo da história do clube


O Chelsea terminou sua parceria com a Adidas em maio desse ano depois de 10 anos juntos, logo depois disso, começaram as especulações de que a Nike seria a nova fornecedora de materiais esportivos do clube. Hoje (13), o Chelsea confirmou em seu twitter oficial que o clube assinou com a marca americana.

O contrato com a Adidas foi renovado por 10 anos, em 2013, pelo valor de 300 milhões de libras. Até então o mais lucrativo da história da Premier League. Para rescindir o contrato o Chelsea teve que pagar em torno de £40 milhões de libras.

Sem valores oficialmente divulgados, a imprensa britânica especula que a Nike desembolsará aproximadamente £60 milhões por temporada até 2032, o dobro do que os blues recebem atualmente da Adidas. Na Premier League, o futuro acordo figurará atrás apenas do Manchester United, que recebe da empresa alemã cerca £75 milhões anuais.

A Nike fornecerá os matérias de jogo para o elenco principal, categorias de base e equipe feminina. A promessa é que a distribuição feita pela nova parceira alcance uma amplitude ainda mais global, com novos mercados recebendo produtos oficiais da equipe. 

“Achamos que a Nike nos ajudará a seguir crescendo em novos mercados, ao mesmo tempo que nos permitirá seguir entre as equipes mais bem-sucedidas do mundo”, afirmou a diretora do clube Marina Granovskaia na nota oficial.