O futebol de N`Golo Kante deveria ser estudado

O que dizer deste negro maravilhoso? Kanté, que do nada surgiu no campeão inglês Leicester na temporada passada após ser levado para a Inglaterra por Cláudio Ranieri, virou peça fundamental nos Foxes e chegou ao Chelsea por vários milhões. Milhões estes, que até então foram muito bem gastos. A cada partida, o pequeno francês se agiganta e se torna o jogador mais regular dos blues na temporada 2016/17.

LEIA MAIS:

Não é atoa que nessa temporada, tendo em vista a última, o meio-campo do Chelsea está mais sólido, com mais segurança e com mais dinamismo. Tudo passa por N'Golo Kanté. Ele é o famoso faz tudo de uma equipe. Defende, desarma como ninguém, dá o primeiro passe para uma jogada ofensiva e ataca. Sim, Kanté ataca. 
Por ser uma equipe que busca ter a posse de bola, Kante tem a liberdade de subir e aparecer como elemento surpresa.
Na partida deste domingo (23) contra o Manchester United, o baixinho francês marcou seu primeiro gol na temporada, mas não foi por falta de tentar. Em outras partidas, Kanté sempre chegava ao ataque, mas pecava por pouco nas finalizações. Um jogo antes, contra o Leicester, Kanté entrou na área e só não marcou contra seu ex-clube, porque Morgan se jogou na bola de forma esplêndida e evitou o gol do volante.

Alguns números do Kanté contra o Manchester United:
Gol: 1
Percentual de acerto de passes: 88%
Total de passes: 65
Desarmes: 5
Chances criadas: 2
Bloqueios: 2

É a peça que faltava, a peça que qualquer clube no mundo gostaria de ter, mas é o Chelsea quem tem este privilégio. 

Por ser um texto de opinião, todas as palavras ditas neste post são de total responsabilidade do autor.