Hazard brilha e Chelsea vence o Arsenal

Após empatar com o Liverpool na última rodada, o Chelsea entrou em campo pela 24ª rodada para buscar vencer o 3º colocado Arsenal. Sem dificuldades, os blues devolvem a derrota sofrida para os gunners no primeiro turno.

Primeiro tempo
Com Pedro no time titular no lugar de Willian, rodízio entre os 2 que Antonio Conte faz desde o começou da temporada, o Chelsea começou muito superior ao time de Arsene Wenger, que por sua vez assistiu o jogo das tribunas do Stamford Bridge, por estar suspenso pela FA. 

Apesar do susto logo aos 2', quando Courtois saiu errado e Iwobi quase abriu o placar, o Chelsea foi chegando aos poucos e pressionando os visitantes até que aos 11', Cahill cabeceou pra fora, sendo essa a principal chance do jogo até o momento. Dois minutos depois, Pedro cruzou na cabeça de Diego Costa, que mandou no travessão e no rebote Alonso completou para o fundo das redes. No lance do gol, Alonso dividiu forte com Bellerin, que teve que ser substituído.
Antonio Conte se joga na torcida para comemorar o gol do Chelsea.
Em dois momentos na primeira etapa, o Chelsea teve o contra-ataque ao seu dispor para aumentar o placar. Primeiro aos 30', quando Hazard lançou Diego Costa, que não abriu para Pedro na esquerda que passava livre e iria ficar cara a cara com Petr Cech. Depois aos 43', quando novamente Hazard deu o primeiro passe, mas dessa vez foi Pedro que errou o passe final para Diego Costa.

Antes disso, aos 38' Gabriel Paulista (que entrou no lugar de Bellerín), cabeceou com muita precisão e obrigou Courtois a fazer uma defesa espetacular. 

Segundo tempo
Mantendo o mesmo estilo de jogo, o Chelsea seguiu pressionando o Arsenal. Aos 53', Hazard pegou a bola no no meio campo, avançou, fez fila, deixou os marcadores do Arsenal perdidos e marcou um gol antológico em Stamford Bridge.
Hazard foi o melhor do jogo.
Após o segundo gol, o Arsenal se desmontou. Chegou apenas nos 15 minutos finais, quando Welbeck cabeceou e exigiu mais uma defesa monumental de Courtois. Um minuto após entrar, Fàbregas recebeu um presente de Cech e só teve o trabalho de mandar por cobertura e marcar o terceiro gol do Chelsea. Giroud entrou nos minutos finais e aos 90+1', marcou de cabeça para descontar.

Fim de jogo, Chelsea 3 a 1 Arsenal.

O Chelsea volta à campo no próximo domingo, contra o Burnley.