Legends - Didier Drogba


O maior jogador da história do Chelsea FC ou talvez o jogador mais importante, Didier Drogba fez 381 jogos com a camisa dos blues chegando a marcar 164 gols e dando 86 assistências.

2004/2005 - Era uma vez...

Recém-chegado ao Chelsea, o treinador português José Mourinho fez a sua primeira exigência ao clube, a contratação de Drogba com urgência. Foi destaque na Ligue 1 jogando pelo Olympique de Marseille (FRA), marcando 19 gols e ocupando a posição de terceiro lugar na artilharia da temporada 2003/2004, chamou a atenção não só do Chelsea mas também de diversos clubes pela França e Espanha, o Chelsea junto ao clube francês acertou sua transferência por cerca de 24 milhões de libras.
Tendo o estilo de típico "centroavante clássico": proteção da bola, cabeceio e chute certeiro. Ajudou a equipe a quebrar um jejum de 5 décadas sem conquistar o título da Premier League, fez gols importantíssimos e ajudou o Chelsea a chegar em uma Semi-Final de UEFA Champions League, conseguia jogar com liberdade pelas pontas e dento da área tendo Frank Lampard para fazer o trabalho de "armador" no meio-campo. Ao fim da temporada já estava nos braços da torcida e foi quando recebeu o apelido de "Drogs".

Números da temporada: 41 jogos | 16 gols | 8 assistências | 5 cartões amarelos | 1 cartão vermelho.

2005/2006 - Ano corrido, poucos jogos pelo clube

Estando em todos os jogos da seleção pelas Eliminatórias da Copa do Mundo ao decorrer do ano, Drogba ainda sim conseguiu fazer uma ótima temporada pelo Chelsea, José Mourinho aprimorou a habilidade de Drogba que fez com que o marfinense desse mais passes para gols na temporada, ajudando não só a ele mas também ao time todo, indo em busca do segundo título da Premier League, que no final conquistara.
Pela UEFA Champions League fomos eliminados ridiculamente pelo Barcelona nas Oitavas-de-Final.

Números da temporada: 41 jogos | 16 gols | 15 assistências | 10 cartões amarelos | 0 cartões vermelhos.

LEIA MAIS:
Entrevista com João Castelo Branco
Lampard anuncia aposentadoria
Legends - Frank Lampard

2006/2007 - Temporada mediana para o clube e jogador

Com a Costa do Marfim sendo eliminada ainda na fase de grupos da Copa do Mundo, Drogba voltou mais cedo para Londres, onde treinaria para não perder sua posição para o ucraniano Andriy Shevchenko, que era a mais nova estrela que chegara ao clube. No ano, conquistou o título da Taça da Liga Inglesa e da Copa da Inglaterra, e também seus primeiros prêmios individuais como Futebolista Africano do Ano e Futebolista Marfinense do Ano.
Já na Semi-Finais da UEFA Champions League o Chelsea foi eliminado nos pênaltis pelo Liverpool no placar de 4x1.

Números da temporada: 60 jogos | 33 gols | 11 assistências | 12 cartões amarelos | 0 cartões vermelhos.

2007/2008 - Mais vices-campeonatos

Não jogou muitos jogos pela Premier League, pois foi convocado para todos os jogos de sua seleção e também por conta de uma lesão meniscal. Após a saída de José Mourinho por desavenças com Abramovich, os blues foram de novo, vice-campeões do campeonato Inglês, perdendo o título para o Manchester United na última rodada da competição. O time comandado pelo Israelense Avram Grant encontrou o Liverpool novamente em uma Semi-Final de Champions League. Após perder 2 incríveis gols no começo do jogo, Drogba em um rebote no chute de Kalou só teve o trabalho de empurrar a bola pro fundo das redes, fazendo 1x0 Chelsea.
O segundo gol do Marfinense saiu após um passe de Anelka na linha de fundo para o meio da área, Drogba só ajeitou o pé para a bola bater e ir para o fundo do gol, fazendo Chelsea 3x1 já na prorrogação.
O jogo terminou 3x2, com o Chelsea conquistando a vaga para a final da UEFA Champions League 2007. Drogba no final do jogo admitiu que foi o melhor jogo da sua carreira até o momento.
Já pela final o Chelsea acabou ficando com o vice-campeonato, com um empate de 1x1 no tempo normal, os pênaltis teve o placar de 6x5 com Anelka e Terry desperdiçando suas cobranças, o título ficou com o Manchester United.
Pelo segundo ano seguido conquistou o prêmio individual como Futebolista Marfinense do Ano.

Drogba é um dos maiores artilheiros da história do Chelsea.
Números da temporada: 32 jogos | 15 gols | 7 assistências | 5 cartões amarelos | 2 cartões vermelhos.

2008/2009 - Lesões, lesões, lesões...

2008 foi uma das piores temporadas para Didier Drogba, teve uma séria lesão em seu joelho em agosto, no começo da Champions League onde ficaria fora por 2 meses. Já em dezembro de 2008 entrava em finais de jogos para pegar ritmo de jogo e começar 2009 com o pé direito, mas nem tudo sai como planejado. Com a chegada de Luiz Felipe Scolari "Felipão" para a temporada de 2009, Drogba ficava no banco e não entrava em jogos, para Felipão, o jogador estava voltando de lesão mesmo estando 100% para jogar. Não sendo muito utilizado pelo novo treinador e não dando o aval para ser negociado, o tempo fechou para o lado de Felipão, pela pressão da torcida o técnico teve uma saída prematura do clube.
Drogba marcou uma série de gols antes de sua lesão no joelho e também no final da temporada de 2008/2009. Mais uma vez, acabou ganhando o premio de Futebolista Africano do Ano.
O Chelsea acabou a Premier League na 3º colocação, pela UEFA Champions League foi eliminado pelo Barcelona (ESP) com jogos de 0x0 no Camp Nou e 1x1 em Stamford Bridge.

Números da temporada: 42 jogos | 14 gols | 5 assistências | 4 cartões amarelos | 0 cartões vermelhos.

2009/2010 - Temporada de ouro

Outra vez campeão da Premier League, o Chelsea teve uma das melhores temporadas de sua história, com um saldo de gols de 71, fazendo 103 gols ao decorrer do campeonato, tivemos diversas goleadas pelo ano ao nosso favor. O Chelsea teve como comandante Carlo Ancelotti, que treinou o clube de forma plausível, dando outra cara para os Blues. Drogba foi artilheiro da Premier League 2009/2010 marcando 29 gols, foi também o jogador do Chelsea na temporada.
Conquistamos a Copa da Inglaterra novamente, porém acabamos caindo para a Internazionale (ITA)  nas Oitavas-de-finais da UEFA Champions League pelo placar de 3x1.
Drogba ao lado de Terry, que levantava a taça da Premier League.
Números da temporada:  44 jogos | 37 gols | 16 assistências | 8 cartões amarelos | 1 cartão vermelho.

2010/2011 - Centroavante ou Armador?

Drogba jogou alguns jogos na temporada 2010-2011 como capitão pois Frank Lampard estava com uma lesão de hernia em sua perna direita. Começou a jogar como Segundo-Atacante em alguns jogos no esquema tático de Carlo Ancelotti, foi neste momento que acabou dando muitos passes para gols para um centroavante. Chelsea acabou a Premier League novamente como Vice-Campeão atrás do Manchester United e caiu para o mesmo pela UEFA Champions League pelo placar de 3x1.

Números da temporada:  46 jogos | 13 gols |19 assistências | 7 cartões amarelos | 0 cartões vermelhos.

2011/2012 - Herói, vilão, herói, vilão... Herói.

Empatando muitos jogos que deveria ganhar, o Chelsea acabou a Premier League na 6º colocação, em comparação as temporadas anteriores um desastre, mas aí que a UEFA Champions League aparece.
Desacreditados desde o começo, chamados por ''time retranqueiro'' por todos os canais esportivos da Inglaterra, o Chelsea se classificou em 1º lugar em um grupo que continha Bayer Leverkunsen (GER), Valencia (ESP) e Genk (BEL)

Nas oitavas o Chelsea enfrentou o Napoli (ITA), o primeiro jogo foi um desastre para os Blues, perderam de 3x1 fora de casa, na volta, aconteceu o milagre de Stamford Bridge, o Chelsea massacrou o Napoli,  Drogba deixou o dele, e também deu o passe para o gol decisivo de Ivanovic, vencemos por 4x1, deixando placar ao todo, 5x4.

Já nas quartas, Drogba não chegou a jogar o primeiro jogo no Estádio da Luz contra o Benfica, ganhamos por 1x0. Em Stamford Bridge, ganhamos por 2x1, fazendo ao todo, 3x1 para os Blues.

Na semi encontramos o Barcelona (ESP), estávamos com sede de vingança pelo o que ocorreu em 2009. Drogba fez o gol da vitória, o estádio explodiu, o coração do Marfinense estava a mil. Ganhamos por 1x0 no sufoco, na raça e na vontade. Já no Camp Nou o jogo foi pegado, Drogba não tinha liberdade para jogar como queria, Puyol o marcava bem, não desgrudava 1 minuto se quer. Barcelona fez o gol e nós recuávamos mais do que o normal, Drogba que jogava dentro da área, agora estava um pouco a frente do meio de campo. O tempo passou e o time não desistiu, saímos do Camp Nou com um empate de 2x2, e estávamos na final da Champions.
Barcelona 2-2 Chelsea - classificação para a final.
Na final encontramos o Bayern de Munique (GER), fomos pressionados o jogo inteiro, tomamos um gol por falha da zaga, alguns torcedores do Chelsea se davam como vencidos, por conta do quão superior estava sendo o Bayern Munchen, mas não o time, o time não desistiu em nenhum momento, e principal não ''ele''. Aos 93 minutos do segundo tempo, em um escanteio, Didier Yves Drogba Tébily marca o gol do empate com uma forte cabeçada pro gol. O Marfinense explodiu de emoção, assim como nós. Minutos depois, já na prorrogação cometeu o pênalti... De herói a vilão pensávamos? Não, Petr Cech estava lá.

Seguramos o empate de qualquer maneira até a disputa de pênaltis. E lá estava ele, ajoelhado o tempo todo, torcendo para os seus companheiros e também torcendo para o rival, porém torcendo para que errassem. Schweinsteiger na bola, Petr Cech no gol... Com a ponta dos dedos Cech consegue desviar a bola para trave, Drogba comemorou como se não houvesse amanhã, era só ele empurrar aquela bola pro gol que ele tinha tudo pelo qual sonhara sua vida inteira. Tinha chegado a hora.

Drogba caminha do meio de campo até a marca do pênalti, de cabeça baixa o tempo todo, concentrado, ele se abaixa, ajeita a bola e pega pouca distância, em sua frente tinha apenas o melhor goleiro do mundo e... um chute na bola, e O CHELSEA ERA CAMPEÃO EUROPEU!

Números da temporada:  46 jogos | 21 gols | 5 assistências | 8 cartões amarelos | 0 cartões vermelhos.

2012/2013 - Até logo

Depois de 8 temporadas defendendo o Chelsea FC, Drogba anunciou sua transferência para o Shanghai Shenhua (CHI) onde receberia um caminhão de dinheiro, feito contrato de duas temporadas.

2014/2015 - O rei retoma o seu trono

Em 25 de Julho de 2014, o Chelsea contratou Didier Drogba, sendo um contrato de 1 temporada, não foi muito utilizado em jogos, as vezes saia do banco ou jogava apenas o primeiro tempo, não estava com uma boa forma física. Ajudou o time a conquistar mais uma vez o título da Premier League.

Na vitória contra o Sunderland por 3x1, Drogba sofreu uma leve lesão e saiu de campo carregado por seus companheiros de time, sendo esse, o último jogo com a camisa do Blues.

Drogba comemora mais uma Premier League. Desta vez, sem tanto brilho.
Números da temporada: 40 jogos | 7 gols | 2 assistências | 5 cartões amarelos | 0 cartões vermelhos.

Após o título inglês em 2014/15, Drogba se transferiu à MLS.

Thanks for everything The King Of London, Mister Wembley, The Drogs.