Ou vai, ou racha: o decisivo mês de fevereiro

(Foto: divulgação)
Por Gustavo de Araújo

Seis jogos e quatro clássicos. Manchester United, Tottenham e City, duas vezes, estarão no caminho do Chelsea neste mês de fevereiro. Início do mata-mata da Europa League, final da Copa da Liga Inglesa e jogos extremamente decisivos pela Premier League decidirão o futuro dos comandados por Maurizio Sarri na temporada 2018/19. 

Ou vai, ou racha. Mata ou morre. Vence ou perde. O mês de fevereiro dos blues será desgastante, complicado e de uma importância jamais vista. Ser derrotado pelo Manchester City na final da Carabao Cup, dia 24, aumentaria a pressão em todo mundo para vencer a competição europeia e/ou a outra copa nacional que resta - e quando digo todo mundo, isso inclui o recém chegado Sarri.


Kanté marcou no último confronto contra o Man City, em vitória por 2 a 0. (Foto: divulgação)

No dia 10, o Chelsea tem o primeiro complicado desafio do mês diante o Manchester City, em jogo válido pela Premier League. Uma vitória manteria os blues na luta pelo G-4 e uma derrota colocaria o United ainda mais na cola em busca pela quarta e última vaga que nos levaria para a próxima Champions League. Quatro dias depois, 14 de fevereiro, iniciamos o mata-mata da Europa League contra o Malmö, tendo o jogo de volta previsto para dia 21, no Stamford Bridge. Entre os dois jogos contra os suecos, no dia 18, disputaremos a quinta rodada da FA Cup contra o embalado Manchester United, em nossos domínios. Para encerrar o mês, o Chelsea enfrenta o Tottenham, em casa, por mais um derby nacional. 

É uma sequência ingrata, ainda mais se considerarmos a fase em que a grande maioria dos jogadores vivem. Sarri precisará sair do comodismo e do padrão, buscar tirar algum coelho da cartola, fazer a camisa pesar mais que o habitual e buscar resultados enormes nos jogos caseiros, já que a classificação na Europa League é obrigação. Podemos terminar fevereiro mais vivos do que nunca, campeões e tendo eliminado um gigante, um entraremos em março em crise. 

Vale ressaltar que, independente dos resultados, Sarri permanece e ninguém pode sequer considerar a possibilidade de interromper um trabalho promissor apenas na sua primeira temporada, principalmente por ser uma forma de jogo totalmente diferente das que o Chelsea vêm jogando nos últimos anos. A tão pedida 'reformulação' do elenco será feita com Sarri e, para isso, o italiano precisará de tempo e paciência. 

Tabela completa de jogos no mês de fevereiro:

10/2 - Manchester City vs Chelsea - Premier League
14/2 - Malmö vs Chelsea - Europa League
18/2 - Chelsea vs Manchester United - FA Cup
21/2 - Chelsea vs Malmö - Europa League
24/2 - Chelsea vs Manchester City - Copa da Liga Inglesa FINAL
27/2 - Chelsea vs Tottenham - Premier League

Postar um comentário

0 Comentários