Chelsea aparece mais uma vez entre os 10 que mais arrecadam no futebol mundial

Chelsea fechou a última temporada em nono lugar. (Foto: Divulgação)

Por Marcus Rodrigues e João Paulo Pires

No relatório produzido anualmente pela respeitada empresa de contabilidade Deloitte, divulgado nesta segunda-feira (13), aponta o Chelsea como a nona equipe que mais arrecada no mundo. O levantamento é publicado em meados de janeiro/fevereiro e encontra-se na 23° edição.

O estudo baseia-se na receita gerada a partir das operações de futebol do clube na temporada mais recente, no caso 2018/2019. O levantamento de dados é feito a partir do lucro gerado pela bilheteria, direitos de TV e marketing. A venda de jogadores não engloba a pesquisa.

Embora tenha aumentado o nível de arrecadação em relação a temporada 2017/2018, passando de 505.7 para 513.1 milhões de euros, o Chelsea apresenta uma ligeira queda, saindo da oitava (posição que ocupou durante quatro anos seguidos) para a nona colocação.

Os direitos televisivos acumulam a maior porcentagem - 44% (227.1 €), em seguida vem o marketing com 41% (210.4 €) e por último a bilheteria com 15% (75.6 €).

Confira o Top 10

1 – Barcelona: 840.8 €
2 – Real Madrid: 757.3 €
3 – Man. United: 711.5 €
4 – Bayern Munich: 660.1 €
5 – PSG: 635.9 €
6 – Man. City: 610.6 €
7 – Liverpool: 604.7 €
8 – Tottenham: 521.1 €
9 – Chelsea: 513.1 €
10 – Juventus: 459.7 €

Fonte: Deloitte

Mesmo a receita permanecendo estável, o fator que influenciou na perda de posição para o Tottenham foi a boa participação dos Spurs na Liga dos Campeões. Competição mais lucrativa do que a Liga Europa.

Na avaliação do próximo ano a tendência é que os Blues ostentem maiores cifras, devido a participação na fase eliminatória da Champions e os patrocínios com a Yokohama e Hyundai. O acordo com a montadora sul-coreana contribuirá com o aumento de 9% do marketing.

O clube se mantém em aberto para novas parcerias.


A variação de receita do Chelsea desde 2015. Fonte: Deloitte

Chelsea mais "digital"

É importante destacar os números do Chelsea nas principais redes sociais. Entre os top 10 do estudo realizado pela Deloitte, os Blues se encontram em 5º no que diz respeito a likes no Facebook, 7º em seguidores no Instagram, 5º em seguidores no Twitter e 9º em inscritos no Youtube.

Alguns pontos podem explicar esses números, que mostram a força do Chelsea no digital.

Fonte: Deloitte

Um deles é a contração de um grande ídolo como treinador, Frank Lampard, que 'reascendeu a chama' e a empolgação da torcida, bem como a ascenção dos jovens, que fez com que boa parte da torcida ignorasse (e até mesmo agradecesse) o transfer ban.

Vencer e Europa League em cima de um grande rival, no que foi a despedida de Eden Hazard do Chelsea, e retornar para os palcos de Champions League também foi um estopim para alavancar não só as interações nas redes, mas as receitas de transmissão e comerciais também.

Curiosidade: o jogador do Chelsea que mais possui seguidores no Instagram é o brasileiro Willian, que, entre fãs e haters, é muito querido pelo público.

Postar um comentário

0 Comentários