Abraham queria Cavani no Chelsea



Tammy Abraham, artilheiro do Chelsea na atual temporada e dono da posição, estava animado com a possibilidade dos blues assinarem com Edinson Cavani, terceiro maior artilheiro do mundo desde que chegou na Europa em 2007.

Cavani solicitou ao PSG um pedido de transferência na janela de inverno, provocando interesse de diversos clubes, entre eles Chelsea e Atlético de Madrid. Lampard foi só elogios ao uruguaio semanas antes do fechamento da janela. O Chelsea tentou sem sucesso um empréstimo até o final da temporada.


"Os jogadores que estavam sendo especulados, como Cavani, estão no cenário mundial há muitos anos", disse Abraham após o empate por 2 a 2 contra o Leicester. "Teria sido bom se ele (Cavani) tivesse vindo. Eu poderia aprender muito com ele e conhecer seus segredos. Mas não aconteceu (a contratação). Isso me dá um impulso extra e um desejo de lutar pela minha posição e ser o melhor que posso. Jogar pelo Chelsea sempre há pressão", completou.

 Foto: Mustafa Yalcin/Anadolu Agency via Getty Images

Sobre a sua temporada pessoal, Abraham disse que não pode reclamar. "Está sendo uma ótima temporada. Eu quero continuar. Quero classificar na Liga dos Campeões, além disso, existem jogos enormes chegando. Eu preciso estar pronto para eles e aproveitar as minhas oportunidades", explicou.

OPINIÃO:

Giroud, outro centroavante do elenco, esteve próximo de deixar o Chelsea. "Ele é como um irmão mais velho para mim", confessou Abraham. "Olivier tem sido ótimo comigo. Cresci assistindo ele, porque é um atacante fantástico. Ele tem encorajado muitos jovens."

Lampard permanecerá com Abraham, Batshuayi e Giroud como seus centroavantes disponíveis no elenco. Os três juntos marcaram 22 gols na temporada.

Postar um comentário

0 Comentários