O que aconteceu com o 'novo Stamford Bridge'?



A saber, o projeto do Chelsea para a construção de seu novo estádio já havia sido aprovado pela prefeitura de Londres há três anos. Contudo, os Blues tinham até o último dia 31 (segunda-feira) como prazo para dar início as obras, e isso acabou não ocorrendo. Sendo assim, o clube de Roman Abramovich terá de passar por todos os processos burocráticos novamente, o que consequentemente atrasará a inauguração de um Stamford Bridge maior e mais confortável. 

O PROJETO 

Atualmente, com capacidade para pouco mais de 41 mil espectadores, o projeto de reestruturação aprovado em 2017 aumentará sua capacidade para cerca de 60 mil lugares. Em suma, o custo seria superior a 1 bilhão de libras (aproximadamente R$ 6,5 milhões). 

O Chelsea divulgou uma nota pouco antes do vencimento da aprovação garantindo estar a par da situação, e afirmou que não começaria o projeto. Somado a tudo isso, ainda tem a questão do hotel, que fica dentro do terreno do estádio. Este está lotado de médicos e enfermeiros, combatentes imprescindíveis da pandemia do novo coronavírus. 

E AGORA? 

Em síntese, o novo pedido do clube a prefeitura de Londres para a reforma de Stamford Bridge não deve demorar muito. Afinal, o projeto já foi estudado uma vez, e, por isso tudo indica que os Blues não terão problemas para a aceitação das autoridades. 

No último comunicado oficial do clube, via site oficial, na semana passada, não foi especificado o motivo pelo qual o estádio não saiu do papel, mas em 2018 o Chelsea justificou a 'pausa' no projeto por conta de um "momento financeiro desfavorável para investimentos". 

LEIA MAIS
Willian admite que não há mais negociação com o Chelsea

Por certo, o tempo de “transformação” do estádio deve durar aproximadamente três anos. Dessa maneira, neste ínterim, tudo indica que a equipe deverá atuar em Wembley, como fez o rival Tottenham enquanto o Tottenham Hotspur Stadium não ficava pronto. 

O design da nova arena foi produzido pela Herzog & de Meuron, grupo de arquitetos altamente renomado que trabalhou na Allianz Arena, estádio do Bayern de Munique.


Postar um comentário

0 Comentários