Futuro de Batshuayi parece ser longe de Stamford Bridge

Batshuayi chegou ao Chelsea em 2016 e nunca conseguiu se firmar.

Contratado em 2016 pelo Chelsea, Michy Batshuayi nunca conseguiu se firmar na equipe e agradar a torcida. Em 2018 começou a ser emprestado com frequência e passou por três clubes: Borussia Dortmund, Valência, e depois retornou a Inglaterra para defender o Crystal Palce.

No início desta temporada, a primeira de Frank Lampard à frente dos Blues, Batshuayi foi integrado ao elenco e nele está até hoje. Contudo seus dias parecem estar contados em Stamford Bridge, e eu já vou explicar o porque.

NÚMEROS DE BATSHUAYI


Na atual temporada Michy tem 746 minutos diluídos em 25 jogos, na grande maioria deles saindo do banco de reservas. A saber, são 8 gols marcados e 3 assistências. Enfrentando a forte concorrência do quase sempre titular Tammy Abraham e de Olivier Giroud, Batshuayi não conseguiu mostrar serviço e acabou ofuscado boa parte da temporada, que ainda se encontra paralisada por conta da pandemia do novo coronavírus.

Somando as duas passagens pelo Chelsea, o belga soma 77 jogos, com 25 tentos e 6 assistências. Não são números ruins, mas a verdade é que Batshuayi nunca teve futebol suficiente para assumir a camisa 9 dos Blues, e talvez por isso não goze de prestígio com a torcida.

INDICATIVOS DE SUA SAÍDA


Permanência de Giroud: Tudo indica que Olivier Giroud realmente irá renovar com o Chelsea. De acordo com renomados jornais europeus, sobretudo britânicos, a prorrogação de contrato parece bem encaminhada, só faltando a assinatura.

Sendo assim, com a permanência de Giroud no elenco, Batshuayi continuará sendo a terceira opção de Lampard para a posição. Com isso, consequentemente jogará pouco, fato que incomoda o belga, fazendo com que pense em procurar novos ares.

CHELSEA DE OLHO NO MERCADO


Além da permanência de Giroud, outro fator que pode ser determinante para a iminente saída de Batshuayi é o apetite de Frank Lampard no mercado. Publicações recentes da imprensa britânica dão conta de que o Chelsea vem forte para a próxima janela de transferências. Nomes como o de Timo Werner, do Leipzig e Dries Mertens, do Napoli são comumente ligados aos Blues.

HÁ CLUBES INTERESSADOS


Batshuayi tem muito mercado na Europa. Pelo fato de ainda ser jovem (26 anos), ter bons números na carreira e possuir as características de um centroavante “moderno” (rápido, que não fica preso na área entre os zagueiros), o belga com certeza continuará atuando por clubes importantes do velho continente.

Nos últimos dias inclusive, saíram rumores de um possível interesse do West Ham em Batshuayi. Caso a informação se confirme, muito provavelmente a diretoria dos Blues não impedirá o negócio e deixará o jogador decidir seu destino.





Postar um comentário

0 Comentários