A evolução e a consistência que tanto pedíamos

Getty Images

Fim de jogo e o Chelsea perde para o West Ham no London Stadium por 3 a 2. Quem disser que não passou um filme na cabeça, imaginando o Chelsea perder a vaga na Champions League devido à mais uma oscilação estará mentindo. Por isso estes jogos contra o Watford e Crystal Palace eram tão importantes. Vencer, convencer e dominar a partida por inteiro era de extrema importância. Mostra que o time tem foco no objetivo de voltar à Champions League e para isso precisa mostrar consistência, maturidade e um psicológico muito forte. Algo que faltou durante boa parte da temporada.

O Chelsea oscilou durante a temporada inteira, praticamente, e para fazer esse texto eu revisitei outro que tinha escrito lá em dezembro. Pois bem, 7 meses se passaram desde então e a tão pedida evolução na atitude - principalmente em Stamford Brigde - e na mentalidade vem acontecendo. Antes da pausa por conta do COVID, o Chelsea estava numa curva ascendente. Não à toa que os blues vêm de 5 vitórias seguidas em Stamford Bridge contra os Spurs, Liverpool (EFL Cup), Everton (esses três jogos antes da pausa), City e Watford. Nosso estádio não pode ser motivo de medo para nós, deve ser nossa fortaleza e ser temida por aqueles que enfrentamos. Protejam Stamford Bridge! Sempre!

YOUTUBE

Repare na sequência de vitórias. Foram três times do Big 6, algo que não aconteceu no primeiro semestre. Além disso, o jogo contra o Watford era crucial para os blues mostrarem a tão pedida evolução mental/psicológica, uma vez que o Manchester United tinha vencido o Bournemouth e ultrapassado o Chelsea momentaneamente. Aumentando a pressão. A derrota para o West Ham escancarou muitos defeitos e era a nossa chance de passar o Leicester e abrir vantagem sobre o quinto colocado, mas paciência, o time vai oscilar mesmo. O desafio é não deixar afetar o psicológico e manter os jogadores focados no objetivo de voltar à Champions League da próxima temporada e a confirmação da tão sonhada evolução veio hoje, contra o Crystal Palace. Muita coisa depende dessa classificação, inclusive novas contratações de peso

PODCAST

Contra o Watford não bastava vencer, os jogadores tinham que mostrar que sabem trabalhar sob pressão e foram além, com uma vitória tranquila e de imposição. Até porque, eles precisavam superar a derrota para o West Ham e afastar a desconfiança do torcedor mesmo contra um adversário fraco, mas que luta desesperadamente para se manter na Premier League. Esses jogos sempre são difíceis. E hoje, o time conseguiu chegar à terceira colocação, mesmo contra um adversário que historicamente em seu estádio sempre nos causou problemas. 

OPINIÃO

Nosso objetivo não virá de maneira fácil, vai ser sofrimento até o fim. Por isso precisamos de muita energia positiva e torcer como nunca para esses jogadores. Talvez estejamos pedindo muito destes jovens? Talvez, mas it's a Chelsea thing.


Postar um comentário

0 Comentários