"Mason não recebe nenhum tipo de favoritismo", garante Lampard

Lampard e Mount concederam entrevista coletiva nesta segunda-feira antes da partida contra o Rennes, da França, pela Champions League


Foto: Chelsea FC via Getty Images

Por Tim Langendorf
Embalado na Premier League e na competição europeia, o Chelsea já está em território francês, onde encara o Rennes nesta terça-feira (24), pela quarta rodada da Champions League, mas antes de embarcar, acompanhado de seu pupilo Mason Mount, Frank Lampard falou com a imprensa, em coletiva.

O treinador abriu falando sobre os desfalques. Tanto Kai Havertz quanto Thiago Silva viajaram com a equipe e estarão à disposição. Pulisic está evoluindo de contusão e Lampard espera poder contar com ele no fim de semana, contra o líder Tottenham.


Sobre a partida à sua frente, o técnico disse que apesar da boa sequência de vitórias dos Blues será uma partida difícil, o Rennes é um time preparado e é preciso manter o foco. Vencer amanhã significa garantir classificação para as oitavas de final, o que o treinador acredita que pode ser uma vantagem num calendário tão brutal, mas garantiu que a meta do time é lutar pela primeira posição do grupo.

Em seguida Frank foi perguntado sobre a fase de Tammy Abraham e se mostrou contente com o momento vivido pelo centroavante, destacando que facilmente se esquece o quão bem Tammy jogou na primeira parte da temporada passada. Perguntado sobre a situação de Olivier Giroud, que pode deixar o clube em janeiro, visando a Euro 2022, Lampard enfatizou que gostaria de seguir contando com o atacante, que é um jogador importante.


Quando o assunto foi Mount, destacou que o meio-campista pressiona tão bem quanto qualquer outro com que ele já trabalhou ou jogou, e que seu passe é afiado. Porém ressaltou, que como qualquer outro jogador, ele não recebe nenhum tipo de favoritismo, e é julgado somente pelo que apresenta em campo e nos treinamentos.

Finalizou apontando que acredita que tanto o Chelsea quanto os Spurs virão fortes e preparados para o dérbi de Londres, em disputa direta na parte de cima da tabela, no próximo domingo (29).

A seguir foi hora de falar com o camisa 19. Perguntado se enxerga mudanças em Frank Lampard, Mount respondeu que pouco mudou no treinador desde que começaram a trabalhar juntos no Derby County, e que se sente muito à vontade para conversar com Frank, que sabe se comunicar com os jovens jogadores.

Foto: Chelsea FC via Getty Images

Sobre as mídias sociais, o jogador afirmou que foca no que faz em campo e tenta se manter afastado das redes, seja em dias de vitória ou derrota. Por fim, Mount foi indagado se prefere ser um jogador versátil ou jogar em sua posição favorita. Segundo ele, desde o início de sua trajetória sempre jogou em diferentes posições e isso é algo que faz parte de seu estilo de jogo.

A partida de amanhã está marcada para às 14:55 BRT. O Chelsea lidera o grupo E da Champions League, com 7 pontos, batendo o Sevilla no saldo de gols. O Rennes, dono da casa, é o lanterna, também por conta do saldo, com apenas 1 ponto até o momento.

Postar um comentário

0 Comentários