Aos 36 anos, Thiago Silva prova que idade pode ser apenas um número

Getty

Por Arthur Macedo, Terrific Blue
Eleito melhor jogador em campo na vitória do Chelsea sobre o West Ham, Thiago Silva vem se mostrando cada vez mais adaptado à Premier League. Muito foi falado desde os boatos de um acerto do brasileiro com os blues e até mesmo após o anúncio oficial de sua chegada. Eram vários os céticos em relação ao seu bom desempenho na liga que, para muitos, apresenta o melhor e mais intenso futebol do mundo

Foram feitos vários comentários dizendo que Thiago está velho e não seria capaz de performar bem no futebol inglês e que ele estava jogando há muito tempo na França, onde é “fácil” jogar em alto nível. De fato, a Premier League é um grande desafio para qualquer jogador, mas a verdade é que o zagueiro parece não ter sentido problema algum com a mudança de ares, salvo uma falha em sua estreia contra o West Bromwich, e o futebol que ele vem apresentando é daqueles para se colocar na prateleira mais alta que se tem disponível.

É difícil não relacionar a evolução do sistema defensivo do Chelsea, incansavelmente criticado na temporada passada, com a chegada de Thiago Silva. Além de contribuir individualmente, é notória a evolução de seu companheiro de defesa, Kurt Zouma; certamente, muito disso é resultado da convivência do zagueiro francês com Thiago. A dupla vem fazendo um belo trabalho no comando do sistema defensivo do Chelsea, muitas vezes limitando o xG dos adversários a números menores do que a unidade. Dos quatorze jogos disputados na Premier League até o momento, por nove vezes os adversários deixaram o campo com um valor de xG menor que um.


Engana-se quem pensa que o impacto de Thiago Silva se resume aos noventa minutos de uma partida oficial. Recentemente, Ben Chilwell, também recém chegado, não economizou elogios e exaltou a personalidade do brasileiro ao dizer que ele busca constantemente ajudar os companheiros, seja nos treinamentos ou durante os jogos.

Frank Lampard também deixa a modéstia de lado e rasga elogios ao brasileiro. Anteriormente, já havia comentado que a liderança de Thiago Silva é algo natural do jogador e que mesmo sem dominar a língua inglesa ele encontra formas de se comunicar com os demais jogadores do elenco, desempenhando papel importante na evolução do time. Na segunda feira (21/12), após o jogo contra o West Ham, Frank disse que nem ele mesmo era capaz de, aos 36 anos, jogar de maneira constante no nível que Thiago vem apresentando na Premier League.

A empolgação da torcida com o brasileiro é das maiores que vi nos últimos tempos, mas imagino que nem o mais otimista dos torcedores do Chelsea imaginava que Thiago Silva seria, ainda mais de forma tão rápida, dominante como vem sendo na Premier League. Sorte a nossa; e azar de quem duvidou.


Aos críticos, nada melhor do que performances do mais alto nível semana após semana para provar que eles estavam errados. A nós, nos resta admirar o que o brasileiro vem feito com a camisa do Chelsea. Como alguns dizem, Thiago Silva envelhece como vinho. E como cabe a nós admirarmos seu futebol e estamos em época de final de ano, nada mais justo que um brinde.

Cheers!

Postar um comentário

0 Comentários